quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

“A lhe esperar”

O título deste texto é também o nome de uma música dos Paralamas do Sucesso. As aspas indicam um erro gramatical, que explicarei hoje. Você sabe qual é? Uma pista: tem a ver com o verbo.

Então, vamos aos esclarecimentos. O verbo esperar é transitivo direto (VTD), ou seja, não pede preposição, e tem como complemento um objeto direto — que pode ser substituído pelos pronomes o (os), a (as), no (nos), na (nas), lo (los), la (las).

Já quando o verbo é transitivo indireto (VTI), é regido por preposições, as quais completam o sentido dele como objetos indiretos. E os objetos indiretos podem ser substituídos pelo pronome oblíquo lhe (lhes).

No caso da música, o verbo esperar é transitivo direto, isto é, não exige preposição. Assim, quem espera, espera alguém; portanto o uso do pronome lhe é equivocado. Desta forma, o título da canção — ao rigor da regra gramatical — deveria ser: A esperá-lo(la).

Como se trata de uma poesia, existe a famosa liberdade poética — que permite a livre criação aos artistas. Além disso, a questão de melhor sonoridade também pode ter influenciado a escolha do nome da música.

Mas os Paralamas não são os únicos a cometer um equívoco (proposital ou não). O mesmo se dá com outros artistas, sobre os quais ainda escreverei.

É isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário